Rastreabilidade reduz custos e auxilia na gestão de CME

Rastreabilidade reduz custos e auxilia na gestão de CME

Uma das principais preocupações de hospitais é com as infecções hospitalares. Segundo o Ministério da Saúde, a limpeza dos produtos para saúde de múltiplo uso é de extrema importância para evitar a disseminação de microrganismos que podem causar sérias infecções em pacientes e profissionais. Por isso, o Centro de Material e Esterilização (CME) desempenha um papel tão importante na prevenção controle de infecções e deve ser devidamente equipado. Nele, os procedimentos variam entre limpeza, preparo da carga de esterilização e do dispositivo médico, esterilização de material cirúrgico, entre outros. Ressaltamos, no entanto, que só é possível o CME desempenhar seu protagonismo quando possuir recursos tecnológicos compatíveis com os procedimentos.

Para garantir uma assistência segura, o CME tem como missão fornecer produtos para saúde processados em quantidade e qualidade à todas as unidades assistenciais. Com os avanços tecnológicos e a evolução das técnicas cirúrgicas, os instrumentos tornaram-se mais sofisticados e complexos, surgindo assim a necessidade de aprimorar as técnicas de processamento de produtos para saúde. Com o objetivo de garantir uma assistência segura, atender aos requisitos legais, as recomendações nacionais e internacionais, todos os CME devem possuir um sistema de rastreabilidade.

rastreabilidade é um processo que, a partir de informações, como data, lote, quantidades, destino ou usuário, previamente registradas é possível acompanhar todas as etapas do processamento, desde a limpeza até o seu uso. Todas as informações geradas neste processo devem ser armazenadas por 5 anos a partir do uso do produto, conforme determina a legislação do nosso país.

Um processo de rastreabilidade bem executado oferece ao hospital a garantia de que todos os parâmetros do processamento, como limpeza, desinfecção, preparo e esterilização, foram executados de acordo com as diretrizes de boas práticas. Além disso, auxilia nas estatísticas de consumo e controle do estoque, evitando faltas ou solicitações desnecessárias, bem como gastos com materiais pouco utilizados, perda de prazo e validade.

Benefícios da rastreabilidade:

– Identificação de fontes de desvio da qualidade;

– Gestão de riscos;

– Redução de custos, devido a um melhor controle de estoque;

– Cumprimento de requisitos legais;

– Segurança aos clientes;

– Redução de custos logísticos.

Eficiência no rastreamento de instrumentais

Para controlar, rastrear e gerar dados com maior precisão, os instrumentais precisam receber uma identificação única que possa registrar informações sobre o produto e sobre a forma como será processado. Preocupada em suprir a necessidade de seus clientes, a FAMI Tecnologia Médica desenvolveu o FAMI.TRACK, uma solução eficiente, econômica e de fácil utilização para o processo de rastreabilidade. O FAMI.TRACK é composto de etiquetas adesivas Data Matrix 2D gravadas e recortadas a laser, confeccionadas com matéria prima em poliéster de alta qualidade que resiste até 200 ciclos de lavagem automatizada e esterilização em autoclave.

O FAMI.TRACK funciona como um registro único que permite o rastreamento do instrumental por todo o ciclo de processamento. As etiquetas foram testadas quanto a permeabilidade dos agentes esterilizantes e biocompatibilidade para utilização em instrumentos cirúrgicos. O FAMI.TRACK foi incorporado na maioria das aplicações de software de rastreabilidade de instrumentos atualmente disponíveis.

Entre as vantagens deste produto, destaca-se a economia gerada em decorrência do controle preciso do estoque, rapidez facilidade e rapidez da aplicação das etiquetas adesivas nos instrumentos cirúrgicos permitindo que qualquer funcionário do CME realize esta atividade.

Para uma leitura precisa e rápida do FAMI.TRACK, recomenda-se o leitor AREA-IMAGING 2D, por sua vez, oferece desempenho superior de digitalização, capturando facilmente até os códigos mais difíceis de serem lidos e os danificados,  economizando tempo e aumentando a produtividade do profissional.

Etiquetadora manual e impressora automática

Para garantir rastreabilidade completa, rápida e eficaz, a FAMI oferece etiquetadora manual e etiquetas com e sem indicador químico. Equipada com rolete de tinta, permite três linhas de impressão com 11 dígitos cada e é compatível com quatro modelos de etiquetas para diferentes processos de esterilização: vapor, óxido de etileno e peróxido de hidrogênio, além da opção sem indicador químico.

Preocupada em criar soluções para identificação, documentação e controle do inventário de instrumentais, a empresa apresenta também sua impressora automática. Com preço acessível e dotada de recursos modernos, é uma solução inteligente para aumentar a produtividade, possibilitando o uso de três modelos de rolos com 500 unidades: etiqueta simples com indicador químico, etiqueta tripartida simétrica com indicador químico e etiqueta tripartida assimétrica com indicador químico. É uma opção econômica para substituir métodos mais dispendiosos, como impressão a jato de tinta ou laser.

Embora a tecnologia informatizada para a rastreabilidade de instrumentais cirúrgicos ainda é subutilizada em nosso país, os gestores garantem que a automação otimiza o uso dos produtos e o trabalho no centro cirúrgico. “A necessidade de manter a rastreabilidade do capital investido em instrumentais é similar a de monitorar o investimento em suprimentos”, defende Jean Sargent, responsável por implantar o sistema de rastreabilidade de instrumentais no Centro Médico UCLA, da Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

A conclusão em que se chega é que manter a rastreabilidade dentro da CME evita gastos e riscos inerentes as intervenções cirúrgicas, sendo extremamente relevante para a segurança do paciente e para a sustentabilidade do hospital.

Tel: (11) 3775-0300 

E-mail: info@fami.com.br

Site: www.fami.com.br

Fonte: Portal Hospitais Brasil – 28/01/2021

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *